5 passos para se destacar no LinkedIn

Tempo de leitura: 3 minutos

Imagine que você foi apresentado a um grande cliente em potencial, ou se candidatou a uma vaga que será seu grande passo profissional ou até mesmo está em busca de recolocação. O que você acha que o potencial cliente ou recrutador estará fazendo?

Com certeza estará pesquisando sobre você, suas experiências e personalidade. Onde procurar por essas informações? É claro que é no LinkedIn.

Mas o que encontrarão ao visitar o seu perfil? Uma foto ‘amadora’? Informações desatualizadas? Visões políticas impopulares? Falta de referências?

Quando o assunto se refere ao âmbito profissional é vital causarmos uma BOA primeira impressão e para isso é necessário desenvolver um perfil no LinkedIn de qualidade. Abaixo seguem 5 passos para ajudá-lo a desenvolver um perfil de qualidade:

1- Não use fotos “amadoras”

LinkedIn é diferente das outras redes sociais como Facebook, Instagram e Twitter porque ela foca no seu lado profissional, começando por sua foto. Ou seja, nada de fotos com bebidas, com esposa, cachorro, papagaio. A sua foto deve destacar o seu rosto, para isso use um fundo branco ou neutro e de preferência num ambiente muito bem iluminado.

 

2- Não deixe seu perfil desatualizado

Caso um potencial cliente ou recrutador visualize o seu perfil e encontre informações que você ainda trabalha na antiga empresa ou cargo e experiências que diferencie da atual, você passará uma MÁ primeira impressão. O seu perfil deve refletir as suas experiências e atividades atuais. Certifique-se de sempre atualizar os dados caso mude de empresa, ou ter ganhado alguma promoção.

 

3- Cuidado com o que posta

A menos que você seja um jornalista da área de entretenimento, não poste sua opinião sobre o episódio da semana de Game of Thrones, isso é mais apropriado no Facebook ou Twitter. Evite postar opiniões pessoais ou políticas que afaste potenciais clientes e/ou recrutadores. Isso não quer dizer que você não possa se expressar e ser um “robô”, mas que pense como você se comportaria e falaria num encontro de negócios, entrevista de emprego ou evento.

 

4- Não se autopromova exageradamente

Já presenciou alguém num jantar ou evento, em que esta pessoa não para de falar sobre ela mesma? Não seja esta pessoa!

Muitas pessoas usam o LinkedIn com o único intuito de autopromoção ou posta constantemente nas suas atualizações e grupos sobre sua empresa, seus produtos e um evento de lançamento. Recrutadores não contratam pessoas que se colocam a frente da equipe.

Seja original e construtivo. Sempre pense de que forma você pode adicionar valor para suas conexões e sua área de atuação/segmento.

 

5- Não menospreze o LinkedIn

LinkedIn é a maior rede social profissional no mundo com +467MM de usuários, no Brasil possui +27MM de usuários, com isso o Brasil é o 3º país com mais usuários do LinkedIn no mundo, ficando atrás dos EUA e Índia, respectivamente.

Está em mais de 200 países e atualmente disponível em 24 idiomas e a 2 novos usuários a cada segundo. Não é uma rede apenas para quem está à procura de empregos, nela você pode se estabelecer como uma referência na sua área de atuação.

Está na hora de olhar para o LinkedIn com outros olhos e perceber o real potencial desta plataforma e o que ela pode fazer por você. Seu perfil deve transparecê-lo como um profissional polido, equilibrado e bem conectado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *